O que você precisa saber sobre a instalação de painéis solares

O que você precisa saber sobre a instalação de painéis solares

O que você precisa saber sobre a instalação de painéis solares

A energia solar vem crescendo no Brasil, que, em  2017, passou a figurar entre os 30 países no mundo que já contam com 1 gigawatt de potência instalada. Esse crescimento se deve, em parte, à qualidade dos componentes dos sistemas e de sua instalação — entre eles, os painéis solares.

Os módulos fotovoltaicos têm grande importância no projeto de energia solar, já que são eles que produzem eletricidade pela transformação dos raios de sol. Por isso, esse equipamento requer cuidados especiais nas etapas de fixação. Sabendo que existem muitas dúvidas a respeito da instalação de painéis solares, separamos as principais informações que você precisa saber sobre esse assunto. Acompanhe!

Entenda como funcionam os painéis solares

A aplicabilidade do painel fotovoltaico é transformar a energia radiante do sol em elétrica. Ele é formado por unidades básicas chamadas de células fotovoltaicas, que são feitas de materiais semicondutores, como o silício, e são capazes de absorver a energia solar. Nessas células, incidem os fótons, partículas da luz solar, que provocam o deslocamento de elétrons e geram eletricidade.

Essa energia elétrica está em forma de corrente contínua, e a forma ideal para consumo é em corrente alternada. Devido a isso, antes de alimentar as funcionalidades elétricas da casa, o inversor fotovoltaico faz o trabalho de converter essa corrente.

Sendo imprescindível para o funcionamento do sistema, ele é protegido por um equipamento chamado de String Box, que tem dispositivos de segurança e realiza a proteção de toda a parte em corrente contínua do sistema.

Saiba como é feito o dimensionamento dos painéis

A empresa responsável pela instalação do equipamento precisa conhecer bem a necessidade do cliente para saber o número de painéis necessários para suprir o consumo.  Deve ser levado em consideração o histórico de consumo energético, para que o uso do sistema fotovoltaico possa efetivamente reduzir a conta de luz à taxa mínima da concessionária.

Durante o planejamento do projeto, é preciso ter em mente que aumentos significativos do consumo podem acarretar a necessidade de expandir o sistema. Isso pode ocorrer ao adicionar um ar-condicionado na residência ou ao trocar o chuveiro por um modelo com potência mais alta.

Como em casos assim é necessário adicionar placas solares, outro ponto que deve ser esclarecido é a capacidade do inversor que a empresa oferece. O modelo da ecoSolys, por exemplo, suporta oito painéis solares de 330 Watts. Então, se a instalação já chegou a esse limite, para evitar riscos de panes elétricas, uma possível expansão seria substituída por um sistema paralelo ao lado do existente.

Entenda como proceder com a adição de novos painéis

Quando o desejo é aumentar o consumo de energia ou diminuir a conta de luz, pode ser necessário aumentar a produção de energia fotovoltaica por meio da adição de novos painéis.

Como já mencionado, cada inversor tem um limite máximo de potência suportada e, se ele ainda não foi atingido, é possível instalar novos módulos sem outras modificações. É preciso estar atento ao fato de que, se a empresa contratada para fazer a adição não é a mesma do sistema original, é possível que você perca a garantia de instalação.

Uma opção viável é substituir o inversor por um de maior potência, para que ele não seja sobrecarregado. Nesse caso, é preciso estar atento a se o modelo dos painéis extras é diferente do que já estava instalado. Se sim, o novo inversor precisa ter duas entradas independentes, para não prejudicar o desempenho do sistema.

Além disso, é possível comprar um sistema novo que complemente a produção que já existia. Isso pode sair mais barato, já que não será necessário mexer na instalação antiga e os dois sistemas funcionarão em paralelo.

Saiba quais são os cuidados indispensáveis com a instalação do sistema

A energia solar é um investimento de retorno garantido, por ser uma tecnologia que requer pouca manutenção e de vida útil média de 25 anos. Mas, para garantir esses benefícios, todos os cuidados devem ser tomados, e eles já começam no momento de instalar.

A instalação de painéis solares, muitas vezes, é feita em lugares altos, sobretudo telhados. Devido a isso, deve-se sempre zelar pela segurança. Os funcionários precisam sempre usar equipamentos de proteção individual (EPIs) adequados, e a empresa tem que preparar estruturas de andaimes e linhas de segurança para evitar quedas.

Uma estrutura de alumínio feita para suportar o peso dos módulos é presa ao telhado e deve ser preparada antes da fixação deles. Só então é feita a instalação das placas, que, por serem de vidro, devem ser manuseadas cuidadosamente.

Além disso, todo o serviço deve ser feito por um eletricista com supervisão de um engenheiro eletricista. Isso porque apenas por serem expostos ao sol os módulos já ficam energizados. Assim, durante a instalação, caso ocorra um acidente, não há nada possa desarmar o sistema, e o conhecimento profissional é indispensável para impedir a propagação de um problema elétrico.

Veja algumas dicas sobre como escolher um bom sistema e uma empresa responsável

O consumidor deve verificar o histórico das empresas e qual é o nível de satisfação que elas trazem aos seus clientes. Também, é importante observar se elas procuram conhecer as suas necessidades e o seu consumo energético antes de oferecer um orçamento pronto.

É preciso tomar cuidado quando o valor proposto é muito abaixo do mercado, porque isso pode significar que os equipamentos são de baixa qualidade e podem causar futuros problemas financeiros e acidentes.

Por isso, é importante buscar uma empresa que faça a aquisição e a instalação dos equipamentos fotovoltaicos. Ela fará o dimensionamento para ver qual sistema é mais adequado para cada perfil de consumo.

Depois de tudo funcionando adequadamente, é preciso fazer um acompanhamento pós-venda junto ao cliente. Esse é o caso da ecoSolys, que oferece um pacote com acompanhamento por 5 anos, fornecendo uma análise mensal da geração de energia e da economia na fatura.

Pronto! Essas são as principais informações que você precisa saber sobre a instalação de painéis solares. Lembre-se de que, para seu investimento valer a pena, o sistema deve funcionar perfeitamente.

Em suma, isso é garantido por cuidados desde o manuseio dos módulos até a quantidade necessária para suprir o consumo. Não se esqueça de que a escolha da empresa é um ponto fundamental, que deve ser bem estudado antes de qualquer decisão!

Se este conteúdo foi útil para você, continue no nosso blog e leia “Como instalar um painel de energia solar em residências”!

Este conteúdo teve contribuição de Bruno Barbosa, proprietário da empresa Energia Solar Araucária, cliente e parceira da ecoSolys.